04 março 2013

criminoso sedutor 5 -1 parte


PDV JUSTIN
Quando me virei para Avril, fitei-a de cima em baixo “-Mas que porra é essa?” – aquele pedaço de couro mal escondia o corpo tesudo dela –Venha comigo, Avril. –peguei-a pelo braço –Agora!
–Não!
–Você vai me obedecer... Por bem ou por mal. –avisei, me aproximando ainda mais dela.
–E por que eu deveria obedecê-lo? –perguntou, levantando o queixo. Nossos corpos se roçavam perigosamente e eu me sentia a um milímetro de perder o pouco de sanidade que me restava.
“-Porque você não sabe do que sou capaz, neném!”–Porque você pertence a mim! –puxei seus cabelos, obrigando-a a me olhar diretamente nos olhos.
Ela deu um sorriso –Eu não pertenço a ninguém! -seu hálito doce e morno batendo contra o meu rosto, me enlouqueceu.
–Então serei obrigado a mostrar quem é seu dono. –antes que ela pudesse dizer mais alguma coisa, coloquei-a em meu ombro e comecei a andar entre a multidão em direção ao camarote.
PDV CAITLIN
“Eu fui pego
No meio de uma estrada de ferro...”
“-Porra... O que tá acontecendo? Onde Avril foi parar?” –olhei para Jasmine que como eu, também já não prestava atenção no show -Seu chefe está demorando. Será –virei para Jasper, franzindo a testa -...Será que ...hã... Ele conseguiu achar minha amiga?
Ele me olhou por uns instantes e depois deu um sorriso charmoso –A senhorita não o conhece. –virou o rosto em direção ao palco, onde a banda tocava –Bieber consegue tudo o que quer... Mas se está tão preocupada, vou procurar saber –aproximou os lábios do ponto de comunicação –Sam?!... Acharam MacCarthy e a senhorita Avril?
“...E eu pensei, o que posso fazer?
E descobri
Que estava sem ajuda, sem ajuda...”
Jasper voltou aqueles lindos olhos dourados para mim –Ok. –disse apenas e afastou o aparelho da boca –Eles já estão voltando... Com a senhorita Avril. –concluiu com expressão carregada.
–O que aconteceu?
–Nada.
Nesse instante minha atenção voltou para os gritos que pareciam ser de minha amiga“-Ah. Meu. Deus!” –Bieber tinha Avril, uma Avril furiosa sobre seu ombro esquerdo. Atrás deles vinham os seguranças e... Logan?!
–Logan?! –gritei, agarrando seu braço –O que tá acontecendo?
–O que tá acontecendo?! –ele repetiu minha pergunta com os olhos arregalados para os dois –Eu é que pergunto: O que tá acontecendo aqui? –voltou o olhar para mim –Quem é esse cara?
–Me solta –Avril berrava enquanto estapeava as costas de bieber -... Seu... Seu brutamontes... Idiota!
–Schhhh... –tapei sua boca com a mão e o puxei para um canto –Você não o conhece? –olhei para Avril, que tinha sido colocada no chão –justin bieber... Rei do narcotráfico... O homem mais poderoso dos Estados Unidos.
“...Nos divertimos um pouco
Conhecemos algumas garotas
E umas dançarinas que nos divertiram..."
Logan deu um largo sorriso –Ahh... Então é esse o novo namorado da avrizinha ?
–Logan?! –dei um tapa em seu braço –Você já esqueceu de Chace?... Ele é o namorado dela.
–Seu grosso ...Estúpido! –Avril continuava gritando, agora esmurrando o peito dele.
Todos, principalmente os seguranças que nunca viram o chefe ser xingado e agredido por alguém, olhavam incrédulos Avril bater em bieber.
–Não esqueci não, mas... Acho que Chace já era –apontou discretamente para os dois e me abraçou –Olhe como os dois, mesmo brigando estão em perfeita sintonia.
Observei-os por um instante, Bieber segurava os pulsos de Avril com apenas uma mão enquanto prensava-a contra a parede. A outra mão estava no queixo dela e os dois se olhavam diretamente, quase se engolindo.
–Realmente Chace já era –Logan concluiu, virando-se para trás –Até que enfim minha lindinha achou um homem ...–parou de repente –Quem é ela?
“...Sim, as mulheres foram muito amáveis
Você ficou? Atordoado, atordoado
Yeah, yeah, yeah, atordoado...”
–J-Jasmine, Jasmine Villegas.
–Humm... Morena linda!
Rolei os olhos –Tira o olho  , sem chance. Ela é irmã do –fiz sinal com a cabeça em direção a bieber –... Do troglodita aí.
–Não dá nada não.
–Tá difícil... Olha o tanto de segurança –fiz uma pausa -... Você acha que tem alguma chance?
–Por que não? – logan lançou um sorriso para ela, que logo baixou a cabeça –Uma hora ela vai ter que ficar sozinha... Nem que seja no banheiro da escola.
PDV JUSTIN
Com uma mão segurei os pulsos de Avril acima de sua cabeça e usando meu corpo, prensei-a contra a parede. Com a outra mão, segurei seu queixo com força –Olhe para mim, Avril –seus olhos negros me fitaram desafiadores –O que aquele porra é seu? –perguntei e ela simplesmente comprimiu os lábios, talvez decidida a não me responder. –Responda Avril... O que o merda do Volturi é seu?
–NADA. –ela gritou, seu rosto a centímetros do meu –EU NÃO O CONHEÇO, JUSTIN BIEBER … ELE ESTAVA COM MIKE, MEU AMIGO –sentia sua respiração entrecortada, os músculos de seu corpo retesados -...OU SERÁ QUE AGORA NÃO POSSO MAIS TER AMIGOS?
“...Sim, as mulheres foram muito amáveis
Você ficou? Atordoado, atordoado
Yeah, yeah, yeah, atordoado...”
Ficamos nos olhando por um tempo –Ele é filho de Caius Volturi...Um de meus inimigos –expliquei, afrouxando minha mão que estava em seu queixo –Caius luta para tomar meu território aqui em Los Angeles. –de repente, senti uma necessidade enorme de me explicar e deixar claro que estando comigo, ela não pode ter amizade com qualquer pessoa.
–Você –disse, fazendo um bico –...Me machucou. –completou, seu corpo relaxando contra o meu.
You Shook All Night Long –AC/DC
Você me Sacudiu a Noite Toda –AC/DC
She was a fast machine
Ela era uma máquina veloz
She kept the motor clean
Ela mantinha o motor limpo
Was the Best damn woman that I ever seen…
Ela era a melhor mulher que eu já conheci…
“-Caralho!” –senti meus músculos amortecerem e meu pau vibrou quando ela levantou sua perna direita, provocando um contato mais direto –Te machuquei? –meus olhos estavam presos aos seus –Onde? –minha pergunta soou como um mero sussurro.
… She had sightless eyes
Ela tinha os olhos invisíveis
Telling me no lies
Não me contava nenhuma mentira
Knockin’ me out with those American thighs
Me deslumbrava com aquelas coxas americanas...
Ela desvencilhou um dos braços e, sempre com os olhos fixos nos meus, tocou com a ponta dos dedos o delicado pescoço –Aqui –disse e seus dedos subiram em direção ao queixo –...Aqui –para depois tocar os lábios cobertos de um batom vermelho sangue –... E aqui.
–Avril... Você está me provocando.
–O que eu provoco em você… Bieber?
Num rápido movimento, empurrei-a para um canto semi escuro do camarote -Quer saber o que me provoca? -puxei sua perna na altura de minha cintura e cheguei meus lábios bem próximos do seu ouvido -Vou dizer o que você me provoca, minha gostosa.
...Talking more than her share
Pegando mais do que ela dividiu
Had me fighting for air
Me pegou lutando por ar
She told me to come, but I was already there…
Ela disse vem, mas eu já estava lá...
Minha mão que estava em seu joelho, passeou vagarosamente em direção à barra do vestido encontrando a cinta liga –Caralho... Que delícia! –sussurrei, subindo mais ainda a mão até encontrar sua calcinha –Você me deixa louco, Avril –disse, meus dedos acariciando-a por cima do fino tecido.
–Bieber.
Nossas respirações estavam pesadas –Isso, minha gostosa... Geme o nome do seu macho. –sem poder me controlar, enfiei dois dedos em sua xoxota –Tão molhadinha... Tão pronta pra mim. –com a outra mão, desabotoei minha calça –Sinta como você me deixa... O que você provoca em mim. –peguei sua mão e coloquei em pau que estava duro e babado, envolvendo-o.
… Cause the walls started shaking
Pois as paredes começaram a tremer
The earth was quaking
A terra estava tremendo
My mind was aching
Minha mente estava doendo
And we were makin’ it
E nós estávamos fazendo amor
And you...
E você...
Shook me all night long
Me sacudiu a noite inteira
Yeah you, shook me all night long
Yeah, você me sacudiu a noite inteira
Walking double time on the seduction line
Trabalhando a passos rápidos na linha da sedução
She was of a kind
Ela era a única
She’s just mine all mine...
Ela é só minha, toda minha ...

nossa só um comentário ok mais agora só vou continua com 3 comentários